Plantando cannabis em ambiente interno

Um espaço compacto dentro de casa pode ser usado no processo de germinar as sementes de maconha. Mudas podem ser movidas para o exterior, para ajudar em seu amadurecimento, na primavera, depois da última geada. Um banheiro em desuso, um sótão, um porão ou um closet são o espaço ideal. Uma produção maior pode exigir o uso de uma sala inteira.

A área selecionada para o crescimento deve ser a prova de bisbilhoteiros pois vai gerar menos suspeitas, não atraindo atenção indesejada.

Uma boa ventilação é altamente benéfica. Uma porta aberta no closet pode gerar ventilação suficiente em áreas que não possuem lâmpadas grandes que geram calor. Idealmente, você deve ter entradas e saídas de ar separadas. É necessária uma saída de ar que dê para o sótão ou telhado, funcionando como exaustor, e uma abertura para trazer ar do exterior. Um conjunto de ventiladores baratos podem ajudar na circulação de ar da sala. Um interruptor dimmer ajuda no controle de ruído / velocidade dos ventiladores. Use silicone para prender os ventiladores com aproximadamente 10 a 15 cm de tubos de PVC que passam através de um buraco no teto ou no chão. Use uma quantidade significativa de silicone para minimizar a vibração dos ventiladores.

As paredes internas podem ser revestidas com folhas de alumínio (lado opaco voltado para a sala) para ajudar a evitar pontos de calor e difusão da luz. Alternativamente, as superfícies internas podem ser pintadas de branco reluzente, para ajudar a refletir a luz. Evite o uso de espelhos, pois o vidro pode consumir luz.

É bom revestir o piso com plástico para protegê-lo de respingos de água ou outros problemas. Instale um disjuntor e verifique se o cabeamento elétrico suporta a iluminação planejada. Lâmpadas de xenon devem ser posicionadas acima do nível do piso, para evitar danos caso haja respingos de água.

Uma estante posicionada acima da área de crescimento pode oferecer uma área ideal para clonagem (estaquia) e germinação das mudas. Uma plantação multinível traz um aumento significativo no espaço de crescimento e pode também fornecer uma área adequada para armazenamento dos suprimentos de jardinagem, como garrafas de spray e adubos. Como você está em uma área muito quente, provavelmente não será necessário investir em aquecimento para o processo de germinação.

É bom ter cortinas à prova de luz que ajudem a separar a área central durante o processo de floração. Isso permite que uma fonte de luz constante consiga penetrar ao mesmo tempo em que são mantidos os períodos escuros na área principal de crescimento. O uso do velcro pode ajudar a manter as cortinas na posição correta e amarras nas extremidades são úteis para manter as mãos livres quando segurando os potes das plantas. Um material em vinil preto, com o avesso em uma cor clara é a melhor escolha.

A ilimunação é importante no ambiente. Uma ou duas luzes similares às de lojas são desejáveis se o plano é iniciar o processo de crescimento dentro de casa e continuá-lo em uma estufa externa. Uma combinação de luz quente e luz branca fria compõe o espectro ideal para atingir o crescimento ótimo. Se você só tem dinheiro para comprar lâmpadas frias brancas, garanta que elas funcionem bem.